sábado, fevereiro 24

F for Fake, a verdade da mentira


F for Fake, de Orson Welles, apesar de ter como tema principal a mentira, tende a girar, paradoxalmente, sobre dois pólos: a verdade da mentira e a mentira da verdade. Aqui, Welles conduz-nos à tenue fronteira entre verdade e mentira, à zona cinzenta da verosilhança ou da mera possibilidade. Para o efeito, toma como ponto de partida dois célebres falsificadores: Elmyr de Hory e Clifford Irving, autor da (falsa) biografia de Howard Hughes, Welles trilha as várias possibilidades relativas aos juízos que consideram alco verdadeiro ou falso. Assim, vemos colocados em questão os especialistas, os estudiosos, bem como aqueles que dedicam a vida a fazer falsificações...o título indicia que só veremos tratada a mentira é certo, mas, a final, não sai da cabeça do espectador a máxima It's pretty but is it art?
Welles não dá respostas. Apenas coloca perguntas e, graças a um prodigioso trabalho de montagem, transporta esta reflexão para o mundo do Cinema, fazendo o espectador interrogar-se sobre a magna ilusão que o cinema e as suas gentes se esforçam por criar. Neste ponto, é fácil ser-se tentado a dizer que a mentira, à imagem do Cinema, depende apenas da eficácia do mise-en-scène, uma vez que é ele a ditar o realismo/plausibilidade das acções que nele se desenrolam...
Sobra uma certeza: apesar de dificilmente catalogável - documentário? experiência avant garde? ensaio? - F for Fake é uma obra-prima. É Cinema em estado puro.

2 Comments:

Blogger Mutatis Mutandis said...

Uma breve síntese que ilustra algumas das dimensões de uma das maiores obras-primas da 7ª arte, no entanto arredada (infelizmente) do "main stream public"!
Humildemente farei só mais duas questões que o "F for Fake" me fez levantar: filme ou documentário...?...cuja pergunta infinitamente se coloca a riefenstahl, sobretudo no seu "Triunfo da Vontade"?...haverá hipótese de traçar um paralelo estilístico entre ambos? Se sim...qual?
E agora, não como cinéfilo, mas como interessado na veracidade das atribuições que todos os dias se vêm surgir no meio artístico, importa relevar a crítica e a desconstrução que esta peça faz ao papel do chamado "expert", neste caso de obras pictóricas. Não passa despercebido que Elmyr não assina nenhuma das suas obras, sendo estas examinadas e peritadas pelos ditos, que esses sim, estabelecem a atribuição e etiquetação, falsificando eles próprios as pinturas do "inocente" Elmyr".
Resta-me agradecer pelo blog pleno de interesse.

5:02 da tarde  
Blogger 奇堡比 said...

新女性徵信
外遇調查站
鴻海徵信
亞洲徵信
非凡徵信社
鳳凰徵信社
中華新女性徵信社
全國新女性徵信社
全省女人徵信有限公司
私家偵探超優網
女人感情會館-婚姻感情挽回徵信
女子偵探徵信網
女子國際徵信
外遇抓姦偵探社
女子徵信社
女人國際徵信
女子徵信社
台中縣徵信商業同業公會
成功科技器材
女人國際徵信社
女人國際徵信
三立徵信社-外遇
女人國際徵信
女人國際徵信
大同女人徵信聯盟
晚晴徵信

7:09 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home