terça-feira, fevereiro 6

O Cineguia 2007 guia alguém?

Nas palavras dos seus autores, o Cineguia 2007 é a maior compilação de titulos cinematográficos alguma vez feita em Portugal. Criticas, fichas técnicas, textos, biografias, tops, curiosidades, fotografias...tudo para os amantes do cinema poderem conhecer ao pormenor todos os filmes que estão editados em dvd no mercado português. Pois bem, se a ideia parece merecer elogios, o resultado final - cujos méritos só pude aquilatar no passado fim-de-semana - merece críticas e reparos. Para além da falta de rigor de algumas passagens (diz-se, por exemplo, que o Cinema Português nunca teve estratégia comercial ou refere-se a alguns filmes como obra feita no pico da criatividade do autor X, tendo pouco mais texto a apreciação sobre um qualquer filme), verifica-se que a publicação preferiu a quantidade à qualidade. Ou seja, preferiu abarcar um grande número de entradas, em vez de cuidar da elaboração de textos mais longos e elaborados a propósito de uma determinada obra.
Como ponto de comparação, veja-se estoutro guia da autoria do insuspeito Jean Douchet. Mais do que a quantidade, o autor preocupou-se com a qualidade, tentando assim descrever a sua DVDteca ideal, aproveitando o ensejo para explicar um pouco o contexto dos filmes que nela estão compreendidos.
O que se pede ao Cineguia é, pois, que tente encontrar o ponto óptimo entre a quantidade e qualidade. O leitor agradece. Tal como o Cinema, que poderá ser objecto de divulgação de forma condigna. Aliás, em jeito de provocação, caberia perguntar se o Cineguia 2007 é uma obra à altura do público português que, por via de regra, não é muito informado nem procura sê-lo, estando educado visualmente no culto da Hollywood de qualidade inferior, não tentando abrir os olhos para outras formas de fazer Cinema. Geralmente, apelidar tais formas alterantivas (porque não são, passe o estrangeirismo, mainstream) de monótonas e aborrecidas é mais fácil. Mas isso ficará, quem sabe, para post futuro.

7 Comments:

Blogger Peeping Tom said...

Não conheço o objecto em questão, mas procuro sempre evitar esses almanaques. Parecem-me demasiado sucintos, e como tu referiste, preterem a qualidade à quantidade. Tenho de conhecer esse.

2:21 da manhã  
Blogger wasted blues said...

Já o vi à venda, mas não reconheço utilidade a este tipo de "livros".

4:22 da manhã  
Anonymous Uzi said...

Com quatro letrinhas apenas se escreve IMDB, que é das palavras mais pequenas...

3:34 da tarde  
Blogger Kane said...

Ainda não ví. Pelo que percebo, a nível de conteúdos é fraquinha. Nem como mero catálogo terá utilidade?

12:04 da tarde  
Blogger wasted blues said...

Mas catálogo para quê? Quando quero saber se uma edição existe ou as suas características vou à Internet.

Para quê gastar dinheiro e espaço na estante com um livro que perde rapidamente actualidade e ainda para mais tendo também em conta a qualidade da maioria das edições portuguesas que me leva a adquir filmes com muito mais frequência no estrangeiro.

2:45 da manhã  
Blogger Hugo Alves said...

A minha dúvida é mais esta: mas será que se lhe pode chamar catálogo? Enfim...

10:11 da manhã  
Blogger 奇堡比 said...

新女性徵信
外遇調查站
鴻海徵信
亞洲徵信
非凡徵信社
鳳凰徵信社
中華新女性徵信社
全國新女性徵信社
全省女人徵信有限公司
私家偵探超優網
女人感情會館-婚姻感情挽回徵信
女子偵探徵信網
女子國際徵信
外遇抓姦偵探社
女子徵信社
女人國際徵信
女子徵信社
台中縣徵信商業同業公會
成功科技器材
女人國際徵信社
女人國際徵信
三立徵信社-外遇
女人國際徵信
女人國際徵信
大同女人徵信聯盟
晚晴徵信

7:11 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home