quarta-feira, outubro 4

A mais bela declaração de amor

Fotograma de Johnny Guitar

Johnny:
How many men have you forgotten?
Vienna: As many women as you've remembered.
Johnny: Don't go away.
Vienna: I haven't moved.
Johnny: Tell me something nice.
Vienna: Sure, what do you want to hear?
Johnny: Lie to me. Tell me all these years you've waited. Tell me.
Vienna: All those years I've waited.
Johnny: Tell me you'd a-died if I hadn't come back.
Vienna: I woulda died if you hadn't come back.
Johnny: Tell me you still love me like I love you.
Vienna: I still love you like you love me.
Johnny: Thanks. Thanks a lot.

Este diálogo admirável - que viria a ser retomado por Jean-Luc Godard em Le petit soldat - é, talvez, a mais bela declaração de amor já filmada. Sem qualquer artíficio técnico, através do "mero" recurso ao olhar dos interlocutores somos testemunha de algo belo: todo o amor que ambos sentem mantém-se igual, tal como no primeiro dia em que se conheceram.
Cinema é Emoção e Johnny Guitar, enquanto western absolutamente apaixonado e arrebatador, é um dos mais belos exemplos do esplendor da Sétima Arte.